lago azul ilha grande

Lago Azul – © ICMBio

Protege o último segmento do rio Paraná, em seu último trecho não represado, e ecossistemas associados, contribuindo para a manutenção da a diversidade biológica, especialmente às espécies da fauna e da flora endêmicas e ameaçadas de extinção e seus habitats . O PNIG  tem grande importância na hidrologia, já que à sua jusante forma-se a represa para a usina de ITAIPU. Destaca-se também a proteção dos sítios históricos e arqueológicos existentes na região que são  de grande relevância para a compreensão da ocupação humana no sul do Continente Americano, incluindo-se as áreas de ocupação dos índios Xetá, considerados extintos, e as cidades jesuíticas (índios Guarani) que remontam ao Século XVII, insuficientemente estudados e carentes de proteção. Apesar da riqueza do local, o parque ainda não conta com infraestrutura para visitação, e recebe visitação não regulamentada, o que pode acarretar em degradação ambiental.

______________________________________________________

DADOS BÁSICOS E DE GESTÃO

Código UNEP-WCMC:
351793

Código CNUC:
0000.00.0161

Área (ha):

78.875,00

Ato de Criação:

Decreto s/n de 30/09/1997

Órgão Gestor:

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade

Com infra-estrutura para visitação:

não, mas recebe visitação não regulamentada

Dotada de Plano de Manejo:

sim (não disponível em site)

Conselho Gestor:

Não

Contato:

romano.pulzatto-neto@icmbio.gov.br | (44) 3642-1774

Municípios:

Altônia, Guaíra, Icaraíma, São Jorge do Patrocínio, Vila Alta

Bioma predominante:

Mata Atlântica

Região Fitoecológica:

Floresta Estacional Semidecidual

Localização:

______________________________________________________

CONSERVAÇÃO

Quantidade de spp. da fauna ameaçadas1

24

A importância deste Parque, conjuntamente com a APA Federal das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná, reside principalmente em sua posição geográfica em zona de transição entre faunas distintas do Brasil Central (com influência do Cerrado e do Pantanal) e do Brasil subtropical sulino. Além disso, essas duas UCs federais constituem um arquipélago com várzeas, lagoas e outras formações fluviais únicas, em todo o noroeste e oeste do estado, como sítio de reprodução, forrageamento e abrigo para muitos peixes em situação de risco e diversas formas paludícolas de répteis, aves (migratórias ou residentes) e mamíferos (Mikich & Bérnils 2004).

Algumas das spp. da fauna ameaçada de extinção2 e seu estado de conservação3

© conservacaobrasil.wordpress.com

lista de espécies em extinção no parque nacional ilha grande

© conservacaobrasil.wordpress.com

______________________________________________________

Algumas das spp. da flora ameaçada de extinção:

______________________________________________________

Endemismo:

Desmoncus sp.
© Dulce Nascimento

Bico-de-pimenta (Saltator atricollis)

______________________________________________________

Notas:

1 Conforme Mikich & Bérnils (2004), o número de spp. leva em conta além das ameaçadas (CR, EN, VU), também as quase ameaçadas (NT) e com deficiência de dados (DD).

Conforme Nascimento & Campos (2011).

Algumas espécies aparecem com seu status de conservação. Tal status é definido mundialmente pela IUCN, no Brasil pelo MMA e no Paraná pelo IAP. As abreviações: EX – Extinto / EW – Extinto na natureza / CR – Em perigo crítico / EN – Em perigo / VU – Vulnerável / NT – Quase ameaçada / LC – Pouco preocupante. Os anos apresentam a data da avaliação da conservação da espécie.

______________________________________________________

Citação:

GÓES C G; LORENZO M P (2012). Parque Nacional Ilha Grande. In: Unidades de Conservação do Paraná. Disponível em: <https://conservacaobrasil.wordpress.com&gt;. Acesso em: (dia/mês/ano).

______________________________________________________

Referências Bibliográficas:

Ministério do Meio Ambiente. Instrução Normativa nº6, de 26 de Setembro de 2008. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/estruturas/179/_arquivos/179_05122008033615.pdf&gt;. Acesso em: 29 jun. 2011.

MMA 2003. Ministério do Meio Ambiente. Instrução Normativa nº3, de 26 de Maio de 2003. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/estruturas/ascom_boletins/_arquivos/83_19092008034949.pdf&gt;. Acesso em: 29 jun. 2011.

IUCN 2010. IUCN Red List of Threatened Species. Version 2010.4. <www.iucnredlist.org>. Downloaded on 15 May 2011.

IAP. Unidades de Conservação do Paraná.  2006.

Nascimento, J. L. & Campos, I. B. (Orgs.) Atlas da fauna brasileira ameaçada de extinção em unidades de conservação federais. Brasília : Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, Icmbio, 2011. 276p.

Mikich, S.B. & R.S. Bérnils. Livro vermelho da fauna ameaçada no estado do Paraná. Instituto Ambiental do Paraná, Curitiba, Brasil, 2004.

MMA/CNUC (2011). Ministério do Meio Ambiente. Secretaria de Biodiversidade e Florestas. Ano Internacional da Biodiversidade. Cadastro Nacional de Unidades de Conservação. Relatório. Disponível em:<http://sistemas.mma.gov.br/cnuc/index.php?ido=relatorioparametrizado.exibeFormularioPortal&gt;. Acesso em: 10 jul. 2011.

Ambiente Brasil. Unidades de Conservação: Parque Nacional de Ilha Grande. Disponível em: http://ambientes.ambientebrasil.com.br/unidades_de_conservacao/parques_nacionais/parque_nacional_de_ilha_grande.html. Acesso em: 01 jul. 2011.

Portal São Francisco. Parque Nacional Ilha Grande. Disponível em: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/meio-ambiente-parques-nacionais-brasileiros/parque-nacional-da-ilha-grande.php. Acesso em: 01 jul. 2011.

Anúncios

Sobre Gustavo Góes

Amante da natureza, Gustavo é Analista Ambiental e atua com pesquisa e conservação da biodiversidade e educação ambiental. É diretor da ONG Meio Ambiente Equilibrado (ONG MAE), conselheiro do Meio Ambiente de Londrina-PR e atualmente desenvolve estudos sobre ecologia alimentar e espacial da anta em região fragmentada da Mata Atlântica, vinculado ao Programa de Pós Graduação em Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Londrina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s